Cursos Técnicos

Oferta!

Técnico em Hospedagem

R$99,00R$1.199,00

O Curso Técnico em Hospedagem vem ao encontro da necessidade da formação do Técnico numa perspectiva de totalidade, o que significa recuperar a importância de trabalhar com os alunos os fundamentos científicos – tecnológicos de forma integrada às disciplinas da Formação Específica, evitando a compartimentalização na construção do conhecimento.

R$1.490,00 R$1.199,00
R$99,00

Descrição

Técnico em Hospedagem

Mínimo de 06 meses e máximo 18 meses.

O Curso Técnico em Hospedagem vem ao encontro da necessidade da formação do Técnico numa perspectiva de totalidade, o que significa recuperar a importância de trabalhar com os alunos os fundamentos científicos – tecnológicos de forma integrada às disciplinas da Formação Específica, evitando a compartimentalização na construção do conhecimento.

As atividades relacionadas aos serviços de turismo e viagem ampliaram significativamente sua oferta de trabalho e, gradativamente, mostram indicadores de expansão deste setor. Segundo a World Travel & Tourism Council (WTTC, 2012), foram gerados 2.683.500 empregos diretos em 2011 (2,7% do emprego total), com previsão de crescimento de 7,1%, em 2012, elevando esses dados para 2.875.000 empregos (2,9% do emprego total). Isso inclui o emprego em hotéis, agentes de viagens, companhias aéreas e outros serviços de transporte de passageiros. Estima-se que, em 2022, o turismo será responsável por 3.685.000 empregos diretos, um aumento de 2,5% ao ano para esta década.

O setor de viagens e turismo no Brasil contabilizará mais de 9,7 milhões de 13 empregos diretos e indiretos e somente a indústria hoteleira responderá pela movimentação de U$ 1 bilhão por ano. Segundo o WTTC, viagens e turismo continuam a ser uma das maiores indústrias do mundo. O impacto total da indústria significa que, em 2011, contribuiu com 9% do PIB global, ou um valor de mais de U$ 6 trilhões, e foi responsável por 255 milhões de postos de trabalho. Ao longo dos próximos dez anos, essas indústrias deverão crescer uma média de 4% ao ano, levando-a para 10% do PIB global, cerca de U$ 10 trilhões. Até 2022, prevê-se que serão responsáveis por 328 milhões de empregos, ou 1 em cada 10 empregos no planeta.

Conforme o estudo “Investimentos no Brasil: Hotéis & Resorts – 2011”, da BSH Travel Research, até 2014, há previsão de abertura de 198 hotéis no Brasil, totalizando investimentos na ordem de R$ 7,3 bilhões e criação de 31.729 empregos diretos para a hotelaria. A atividade turística no Brasil, de acordo com o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), gera aproximadamente 6% do total dos postos de trabalho formais e informais. Entre os fatores que aceleram esse processo, além da atuação do Ministério do Turismo em ações de valorização do produto turístico nacional, estão o crescimento da classe média, a ampliação do crédito para empresas do setor e consumidor final, e a política de bancos para financiamento de pacotes e passagens.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), as classes C e D estão cada vez mais utilizando esse serviço e aponta que mais de 30 milhões de pessoas deverão se hospedar, pela primeira vez, em um hotel ao longo da próxima década. No contexto nacional, diversos fatores geográficos e culturais contribuem fortemente para que a atividade turística no Brasil se destaque como um dos principais setores econômicos. O extenso e diverso litoral, os acidentes geográficos e rios que formam belezas naturais únicas, a ausência de catástrofes naturais e as dimensões territoriais que coloca o Brasil em 5º lugar em extensão territorial no mundo seriam alguns dos fatores geográficos. Por sua vez, a diversidade cultural, os usos e costumes dos índios e colonizadores europeus, orientais, árabes e tantos outros que formaram um povo notadamente acolhedor, a exótica gastronomia e o artesanato são fatores culturais que garantem a singularidade dos nossos destinos e agregam valor ao produto turístico.

Contudo, a estruturação desse rico patrimônio cultural e natural em produtos turísticos consolidados e sustentáveis demanda uma maior organização e planejamento no âmbito nacional. O fomento à formulação de políticas públicas para o desenvolvimento do turismo proporcionará, além de maior conservação de tal patrimônio, regulamentação do setor, incentivos ao desenvolvimento sustentável da atividade, alcance de novos mercados, diversificação da oferta e tantos outros benefícios necessários a uma atividade que impacta em uma diversidade enorme de setores econômicos. As diretrizes estaduais, nacionais e internacionais para desenvolvimento do turismo são base para a proposta da Escola Politécnica Brasileira em elaborar este curso técnico em Hospedagem, ao passo que contribui com a construção da identidade destes atores sociais em seu espaço vivido.

OBJETIVOS

Objetivo geral

Formar o técnico em Hospedagem com domínio teórico-prático permitindo o desenvolvimento profissional pautado na autonomia, competência e prática ética no exercício da recepção e governança em meios de hospedagem, em ambientes públicos e privados, como hotéis, hospitais, laboratórios, spa’s, condomínios residenciais e comerciais, espaços esportivos, bancos entre outros prestadores e serviços que queiram implantar os serviços hoteleiros em seus empreendimentos.

Os objetivos específicos deste curso são:

  • formar profissionais críticos, reflexivos, éticos, capazes de participar e promover transformações no seu campo de trabalho, na sua comunidade e na sociedade na qual está inserido;
  • formar profissionais para o atendimento de qualidade satisfatória na atividade de hospedagem, capazes de organizar e operacionalizar a hospitalidade, empregando conhecimentos teórico-práticos adequados às inovações tecnológicas e prospecção mercadológica;
  • formar profissionais comprometidos com o desenvolvimento sustentável do turismo, nos eixos econômico, social, cultural e ambiental, interessados pela pesquisa dos assuntos relacionados à área da hospitalidade e pelo constante aprimoramento profissional.

PERFIL DO CONCLUINTE

Realiza atividades de recepção, reserva, governança, mensageira e conciergerie em meios de hospedagem. Supervisiona a manutenção dos equipamentos. Executa serviços de atendimento e suporte aos clientes.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Técnico em Hospedagem”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *